Mauricio de Sousa e McDonald’s

Submitted by: Samara Ribeiro 05/06/2017

Ao comprar um McLanche Feliz, consumidor pode escolher entre brinquedo e um livro da Turma da Mônica

Enquanto a publicidade brasileira é reconhecida no mundo inteiro, a leitura não é o hobby preferido da população do País. Uma coisa parece não ter nada a ver com a outra, mas marcas estão resgatando esta causa, que não é nova, porém permanece relevante nas discussões sobre a educação. Geralmente resguardadas por empresas de nicho e instituições governamentais e culturais, as campanhas de incentivo ganham novos discursos na voz das marcas. Este mês, o McDonald’s lançou seis livros inéditos em parceria com a Mauricio de Sousa Produções, como parte do seu combo do McLanche Feliz. Desde que começou a utilizar o livro como plataforma em 2013, a marca distribuiu mais de 5 milhões de livros digitais e físicos de diversos autores nacionais e internacionais. Para Roberto Gnypek, vice-presidente de marketing da marca, a iniciativa ajuda a aproximar a proposta global da empresa à realidade e hábitos locais. O Itaú Unibanco também já tem um histórico quando o assunto é leitura. Em 2012, a marca criou a campanha “Leia para uma criança”, dentro de sua plataforma voltada para crianças. Estima-se que o projeto já distribuiu cerca de 50 milhões de livros e melhorou os índices de engajamento dos consumidores com a marca nas redes sociais.


Fonte: Meio&Mensagem